Escolha uma Página

A procura pela o processo de emagrecimento atualmente esta crescendo cada vez mais, pois quem não quer perder aquela gordurinha sobrando aqui e ali e ela precisa desaparecer, concordam?

         Veja neste informativo, Para que serve, todos os benefícios, do óleo de cártamo.

Atualmente a obesidade e as doenças crônicas não transmissíveis representam um grave problema de saúde pública atingindo milhões de pessoas no mundo. No Brasil, o excesso de peso acomete cerca de 50% da população adulta e essas doenças foram as principais responsáveis pelas mortes por causa conhecida registradas em 2009 (Reis et al., 2011). Costa et al. (2011) destacam que a obesidade pode ser considerada como fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e ab incidência tem sido relacionada com vários fatores de risco, incluindo presença de dislipidemia aterogênica, intolerância à glicose, hipertensão arterial e obesidade visceral.

Quanto aos hábitos alimentares, com a finalidade de redução da incidência dessas doenças, a American Heart Association recomenda o consumo de uma dieta equilibrada, com baixo teor de lipídios, colesterol e ácidos graxos saturados. Em contrapartida, recomenda-se também ingestão aumentada de ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados na dieta (Ferreira et al., 2011).

 

O que é e para que serve o Óleo de Cártamo

 

As plantas e os produtos naturais delas derivados têm sido utilizados ao longo da história e no mundo com variados fins. O açafrão é uma especiaria conhecida cultivada e apreciada desde a antiguidade em toda a bacia mediterrânica, como matéria corante, aromatizante e medicinal. De suas sementes é extraído um óleo de elevado valor dietético muito usado atualmente como suplemento alimentar, o denominado óleo de cártamo (Pintão et al., 2008; Koyama et al., 2006) em que predominam os ésteres glicerídeos de ácidos graxos insaturados (90%); o óleo de cártamo é rico em ácidos graxos essenciais, em que o ácido oleico (w-9) representa 20 a 30% e ácido linoleico (w-6), 70 a 87% na sua composição. Além disso, o óleo de cártamo é uma fonte rica em α-tocoferois, desempenhando assim potente ação antioxidante (Ekin, 2005; Vosoughkia et al., 2011).

Benefícios do óleo de cártamo

 

1)    Ajuda na perda de peso

 

Apesar de nenhum estudo até o momento demonstrar consistentemente que apenas a inclusão de óleo de cártamo na alimentação leva à perda de peso, muitos fatores contribuem para que ele seja um excelente aliado da sua dieta.

O óleo de cártamo é rico em ácidos graxos insaturados que já provaram serem capazes de estimular a queima de gordura corporal. Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, o consumo de gorduras é essencial em dietas para perda de peso. O fundamental é consumir fontes de gorduras boas, e na quantidade correta, balanceando todos os macro e micronutrientes. Uma privação exagerada de gorduras deixa o metabolismo mais lento e prejudica os resultados da dieta. Portanto, consumir o óleo de cártamo moderadamente como substituto de outros tipos de gorduras e seguindo uma dieta com a distribuição energética ideal entre gorduras, carboidratos e proteínas, pode ser um meio bastante eficaz de acelerar o metabolismo, a queima de gordura e consequentemente perder peso.

Além disso, estudos demonstraram que o óleo de cártamo é capaz de aumentar os níveis de serotonina no organismo. Esse neurotransmissor está estreitamente relacionamento ao humor, diminuindo a ansiedade e promovendo bem-estar, condições que auxiliam a reduzir o apetite e a ingestão de calorias.

Já foi comprovado também que a suplementação com óleo de cártamo foi capaz de levar ao aumento dos níveis séricos de adiponectina, um hormônio secretado pelo tecido adiposo que participa da regulação da glicemia e do catabolismo dos ácidos graxos. Seus níveis na corrente sanguínea estão diretamente relacionados à perda de peso e a baixas porcentagens de gordura corporal em adultos. Assim, esse é um terceiro mecanismo pelo qual o óleo de cártamo pode auxiliar na perda de peso e melhora da composição corporal. Os benefícios do óleo de cártamo para o emagrecimento é o que deram a sua fama recente.

 

2)    Combate a gordura abdominal

 

O ganho de peso geralmente é acompanhado pelo aumento da gordura abdominal, que se torna muito perigosa quando está ao redor dos órgãos, sendo chamada de gordura visceral. Pacientes com elevados níveis de gordura visceral tendem a permanecer em estados inflamatórios crônicos, desenvolver resistência à insulina, e outros sintomas da chamada síndrome metabólica, fator de risco para doenças do coração, enfarto do miocárdio e certas formas de câncer.

Um estudo publicado pela Universidade de Ohio, Estados Unidos, em 2009, demonstrou que a suplementação com óleo de cártamo por um grupo de mulheres pós-menopausa e com diabetes tipo 2, apesar de não ter efeitos sobre o peso e a porcentagem de gordura totais, levou a uma diminuição da gordura abdominal e ganho de massa magra. A hipótese é que haja um rearranjo da composição dos tecidos adiposos distribuídos pelo corpo.

Apesar de mais estudos serem necessários para corroborar esses resultados, envolvendo, inclusive, outros grupos populacionais, o óleo de cártamo pode também ser um aliado na luta contra a tão temida barriguinha.

 

 

3)    Reduz o colesterol ruim e faz bem ao coração

 

Estudos ainda conflitam neste ponto, porém evidências indicam que o óleo de cártamo também parece ter a capacidade de elevar os níveis de HDL, que é o colesterol bom, e reduzir os níveis de LDL, o colesterol ruim.

Os níveis de colesterol estão diretamente ligados à suscetibilidade a doenças cardiovasculares, como arteriosclerose, enfarto do miocárdio e acidente vascular cerebral. O colesterol ruim pode se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos formando placas que bloqueiam o fluxo sanguíneo, enquanto o colesterol bom ajuda a reduzir a deposição dessas placas. Assim, por melhorar o perfil lipídico do sangue, o óleo de cártamo seria um excelente aliado para a saúde do coração.

 

4)    Controla os níveis de açúcar no sangue

 

O mesmo estudo realizado com mulheres pós-menopausa e com diabetes tipo 2 nos Estados Unidos demonstrou que a suplementação diária com 8g de óleo de cártamo por 36 semanas foi capaz de reduzir os níveis de açúcar no sangue das voluntárias e aumentar sua sensibilidade à insulina.

Assim, o óleo de cártamo pode ser um auxiliar no controle da glicemia, ajudando portadores de diabetes no controle da doença ou pessoas não diabéticas na sua prevenção.

Os níveis de glicose no sangue também são extremamente importantes para quem deseja ganhar massa magra ou perder gordura, uma vez que determina a liberação de insulina, que por sua vez é um hormônio que favorece o acúmulo de gordura.

Estudos mais conclusivos ainda são necessários para investigar a influência do óleo de cártamo nesse parâmetro metabólico.

 

5)    Melhora a pele e o cabelo

 

Por ser rico em ácido linoleico, o óleo de cártamo é um excelente aliado para a pele, melhorando a aparência, hidratação e ajudando a reduzir acne. Por fornecer também vitamina E, ele combate os radicais livres e com eles as rugas, linhas de expressão e outros sinais da idade, ajudando a manter a pele renovada e com aparência mais jovem.

O óleo não é comedogênico, ou seja, não obstrui os poros, assim é utilizado em uma série de formulações cosméticas e alguns especialistas recomendam até sua aplicação diretamente sobre a pele misturado com algumas gotas de óleos essenciais, ou ainda misturado a outras loções hidratantes.

Melhora também a saúde dos cabelos. O ácido oleico é muito benéfico ao couro cabeludo e raiz dos cabelos, estimulando o crescimento e deixando os folículos mais fortes.

Pesquisas demonstraram também a ação do óleo de cártamo na melhora da hidratação e aspereza da pele em pessoas que sofrem com hiperqueratose folicular, uma doença caracterizada pelo acúmulo de queratina nos folículos da pele. Os pacientes tomaram o óleo por 8 semanas.      A ação seria devido ao fornecimento de ácido linoleico, essencial para a saúde da pele, e vitamina E, uma vez que uma das causas da doença pode ser a deficiência nutricional dessa vitamina.

Dentre os benefícios do óleo de cártamo estariam ainda as propriedades antibacterianas, auxiliando no combate à acne.

 

6)   Ajuda o sistema imunológico 

 

As prostaglandinas são sintetizadas a partir de um derivado do ácido linoleico e exercem papel fundamental no nosso sistema imunológico, garantindo as sinalizações bioquímicas que levam à defesa contra micro-organismos invasores e outras lesões.

Assim, o óleo de cártamo pode melhorar nosso sistema de defesa por garantir o fornecimento de ácido linoleico, essencial para a produção de prostaglandinas e que não consegue ser sintetizado pelo corpo humano. 

 

7)    Antioxidante Natural

 

O óleo de cártamo é fonte de vitamina E, que é extremamente benéfica por ser um potente antioxidante, protegendo as células do corpo contra os radicais livres, tanto formados internamente pelo metabolismo celular, quanto externamente pela exposição aos raios UV, a poluentes, etc. Isso ajuda na saúde como um todo, combatendo o envelhecimento precoce e até mesmo protegendo contra diversas doenças.

A suplementação com o óleo de cártamo ou a sua inclusão como substituto de outros óleos na alimentação ajuda a atingir a ingestão diária recomendada dessa vitamina.

O óleo de cártamo tem ainda em sua composição outro agente antioxidante, um composto derivado da serotonina, aumentando ainda mais seu benefício contra os radicais livres.

Então podemos concluir que este suplemento aliado com uma alimentação balanceada e exercício físico regular pode ajudar no processo de emagrecimento, mas sempre procurem profissionais qualificados para prescrição de exercícios e seu plano alimentar, NÃO BRINQUE COM SUA SAÚDE.
Referências:

  • BATISTA, Ellencristina da Silva; COSTA, André Gustavo Vasconcelos; PINHEIRO-SANT’ANA, Helena Maria. Adição da vitamina E aos alimentos: implicações para os alimentos e para a saúde humana. Rev. Nutr., Campinas, v. 20, p. 525-535, Oct. 2007.
  • CAMPANELLA, Luciane Coutinho de Azevedo; SILVA, Aline Correa da; FREYGANG, Joseane; MAGRO, Débora Delwing Dal. Efeito da suplementação de óleo de cártamo sobre o peso corporal, perfil lipídico, glicídico e antioxidante de ratos wistar induzidos à obesidade. Rev. Ciênc. Farm. Básica Apl., v. 35, n. 1, p. 141-147. 2014
  • http://www.mundoboaforma.com.br/7-beneficios-do-oleo-de-cartamo-para-que-serve-e-propriedades/