Escolha uma Página

Maxsuel Alves – #PersoCarrasco

Nesse artigo o professor Maxsuel Alves fala dos benefícios estéticos para as mulheres que treinam musculação.

 

     Acabando de vez com o mito de que mulheres que treinam pesado, ficam musculosas e com aparência de homem. Saiba os benefícios de malhar pesado.

 

Nos últimos anos a prática da musculação vem paulatinamente ganhando espaço e aceitação entre as mulheres, se consolidando como uma opção a mais para o público feminino freqüentador das academias.

Mas apesar disto e da maior divulgação desta atividade na mídia em geral, ainda está longe de se tornar uma modalidade comum quando comparado ao público masculino, pois ainda existem muitos receios e preconceito restringindo e limitando sua execução pelas mulheres.

Ainda são bastante freqüentes as indagações sobre seus efeitos para o corpo, especulando-se sobre os riscos que essa atividade pode acarretar a feminilidade. Provavelmente isso ocorra devido à carência de informações por parte da sociedade sobre suas vantagens e benefícios, tanto em se tratando de pessoas leigas como também de muitos profissionais menos familiarizados com essa temática.

Verifica-se que na própria literatura existente encontram-se muitos questionamentos de mulheres especulando-se sobre os riscos que a prática da musculação pode ocasionar para seu corpo e sua aparência. Muitas ainda temem ficar musculosas ou prejudicar de algum modo sua feminilidade (SOUZA JR, 2010; GIANOLLA, 2012).

Autores consideram que esse receio de ficarem masculinizadas e com excesso de músculos, acontece pelo fato de observarem aquelas mulheres que fizeram ou fazem uso de esteróides, tendo como conseqüências alterações no timbre de voz, modificações nas feições, pele, entre outros (LESSA, OSHITA, VALEZZI, 2007; COUTINHO, 2011; GIANOLLA, 2012).

A testosterona, hormônio que dá as características masculinas a quem faz uso dele, ou, que o produz (no caso dos homens), tem o poder de aumentar o metabolismo, especialmente queimando gordura e melhorando a captação dos aminoácidos pela célula muscular. Contudo, não é a melhor maneira de ganhar músculos, pois possui várias contraindicações e problemas relacionados à saúde, quando você usa sua versão sintética.

O uso de esteroides é comum entre os atletas que buscam resultados rápidos e altas performances. Contudo, para se alcançar os objetivos, não é necessário usar tais produtos, somente persistência e força de vontade já irão te guiar pelo caminho do sucesso. Para isso, mulheres e homens devem treinar muito, cuidar da alimentação e da saúde.

Se eu treinar pesado vou ficar com um corpo aparentemente masculino?

O treino pesado, às vezes, causa medo nas mulheres, devido à possibilidade de tornar suas feições mais masculinizadas, como é visto através de alguns exemplos, como mulheres que treinam constantemente. Estas modificaram, um pouco, suas feições e os músculos, estes que ficaram parecidos com aqueles que os homens buscam durante seus treinos.

A estrutura óssea e muscular de homens e mulheres é parecida, mas esta, para sofrer modificações, necessita da ajuda de hormônios, um deles que foi citado anteriormente: a testosterona. Este hormônio é encontrado no corpo feminino em pouquíssima quantidade, por isso não é de se preocupar. O treino pesado não fará com que sua produção seja aumentada e você fique masculinizada. Continuará com o mesmo nível, contando que você não use medicamentos que deem uma carga maior desse hormônio em seu organismo.

Mas, então, como o corpo feminino consegue alcançar a hipertrofia? O hormônio feminino é o estrogênio e é ele que irá possibilitar que a mulher ganhe músculos. Como ele também é responsável por dar as feições femininas, a modificação corporal com os treinos físicos irá resultar em músculos, mas sem perder a forma feminina. Além disso, para garantir ainda mais que o corpo continuará feminino, o estrogênio diminui o nível de testosterona no sangue, por mais que este aumente, mantendo o nível normal. A principal maneira desse hormônio causar a hipertrofia na mulher é aumentando o hormônio do crescimento (GH). O GH, assim como nos homens, ajuda a deixar os músculos maiores, contudo, não como a testosterona. Portanto, a mulher não tem aporte hormonal para crescer e ficar como homens, isso, normalmente (salve exceções), é causado por anabolizantes. Ele é responsável por aumentar a massa magra, melhorar a captação de aminoácidos pelas células, entre outros. Mas, quando tomado em sua versão sintética, poderia causar aumento dos órgãos internos, e vários outros problemas.

Os benefícios da mulher treinar pesado:

Agindo desse modo, a musculação proporciona segundo a literatura especializada uma série de benefícios aos praticantes, abrangendo suas dimensões físicas e psicológicas (PRAZERES, 2007).

Em relação aos aspectos físicos observa-se o aumento de massa muscular, força, resistência, flexibilidade, melhora da postura, fortalecimento de tendões e ligamentos proporcionando estabilidade e resistência a lesões melhora de habilidades motoras e composição corporal, aumento da massa óssea, diminuição obesidade, etc., colaborando para a prevenção de inúmeras doenças (PRAZERES, 2007; FISCHER, 2008; FERREIRA et al. 2011; COUTINHO 2011; GIANOLLA, 2012).

Já em relação aos ganhos psicológicos verifica-se melhora da auto-imagem e da auto-estima, autoconfiança, melhora no humor, maior disposição, bem estar, diminuindo inclusive a possibilidade de desenvolvimento de quadros ansiosos e depressivos, contribuindo para um viver mais saudável (GUEDES, 2007; PRAZERES, 2007; CÂMARA e SANTAREM, 2009; ZAMAI, 2009; COUTINHO 2011; GIANOLLA, 2012, ZAMAI e BANKOFF, 2013).

Frente aos ganhos proporcionados pela musculação torna-se imprescindível, principalmente ao público feminino, a desconstrução de idéias preconceituosas e não condizentes com a realidade, para que um número cada vez maior delas possa usufruir de tais benefícios.

Diante dessa realidade, objetivou-se verificar junto a um grupo de mulheres praticantes de musculação quais as mudanças observadas por elas após pelo menos 6 meses do inicio dessa prática.

A melhor maneira de alcançar a hipertrofia é usando aqueles hormônios que são produzidos naturalmente pelo seu próprio corpo. Se você quer um corpo mais musculoso, com músculos definidos e com pouca gordura corporal, treinar pesado é, com certeza, sua melhor e única possibilidade. Atrelar exercícios físicos, como musculação e atividades cardiovasculares, diárias, e, é claro, uma alimentação decente, rica em proteínas, e equilibrando com os outros macronutrientes (lipídios e carboidratos), irão possibilitar que você alcance seus objetivos.

Conclusão:

Fiquem tranquilas mulheres, treinar pesado não vai te deixar masculinizada. Aquelas mulheres gigantescas e que muitas de vocês acham assustador, não chegaram aquele nível da noite para o dia, foram anos e anos de treinamento e algumas, veja bem, algumas ainda fizeram o uso de hormônios sintéticos. Então deixem esse mito de lado e vamos treinar pesado em busca do corpo desejado. Ficar pegando sempre cargas leves que não fazem nem cócegas em seus músculos, não irá causar nenhuma hipertrofia e você não saíra do lugar.

 

 

SOBRE MAXSUEL ALVES

Professor de educação física formado pela Faculdade Pitágoras – Teixeira de Freitas, pós graduando em Musculação e Treinamento de Força. Atua como treinador pessoal e com consultoria online para treinamento. Também é redator na área da saúde, treinamento físico e qualidade de vida.

: https://www.facebook.com/maxsuel.alves.7

:  @maxsuel_alvespersonal

http://maxsuelalvespersonal.com.br/

 

Referências: