Escolha uma Página

Veja alguns dos principais erros relacionados ao emagrecimento e como você deve evitá-los!
Todos os anos inúmeras pessoas desejam um copo perfeito, mais não fazem da maneira correta e acabam desestimuladas, pois não conseguem ver resultados almejados, só que o x da questão e procurar caminhos mais fáceis, pois e o que mais certo a fazer e sempre buscar orientação de profissionais qualificados por que a saúde não e coisa pra se brincar!  Meu objetivo não é Por fórmulas, estou querendo falar de técnicas e métodos e não fórmulas  “mágicas”, que prometem verdadeiros milagres, sem esforço algum, mas que não passam de enganação.

Sendo assim, veja o que NÃO fazer para emagrecer!

 

  1. Apostar apenas na restrição calórica:

 

Atualmente nas mídias existem varias dietas loucas que prometem perder vários quilos em 30 dias, e várias pessoas começam reduzir a quantidade de alimentos por conta própria, posso até ocorrer a perde peso mais a probabilidade de ser massa magra e muito grande, pois neste processo necessitamos de um tipo de alimentação hipocalórica ( diminuir a ingestão de calorias diárias).

Neste ponto aonde os indivíduos entram no processo tão conhecido como efeito sanfona que além de frustrante, é altamente prejudicial para sua saúde.

 

  1. Focar apenas em exercícios aeróbicos de longa duração:

Sempre vejo nas academias que trabalho, os indivíduos priorizando os exercícios aeróbicos como atividade principal, e mais ainda fazendo com longa duração e não acoplar com a musculação. Como sempre vejo em alguns artigos os exercícios aeróbicos de longa duração e baixa intensidade não são os mais indicados para o emagrecimento. Não que eles não produzam efeitos positivos, mas eles, por sua baixa intensidade, são menos efetivos no aumento dos níveis de metabolismo basal. Por isso, prefira atividades mais curtas, porém mais intensas para emagrecer, como o Treino Hiit, por exemplo.

 

  1. Apostar na restrição de algum nutriente:

Como citei anteriormente sobre varias dietas, agora abordarei sobre aquelas que restringem carboidratos ou outros nutrientes! Na maior parte dos casos não funcionam. Isso porque cada nutriente tem uma função específica dentro do metabolismo e quando um nutriente falta, ele acaba não funcionando direito.

Sabe aquele seu conhecido que fez uma dieta baseada apenas em proteínas e gorduras? Ele perdeu peso, não é? Mas provavelmente teve uma grande perda de massa magra, o que é péssimo, pois torna o metabolismo basal mais lento e faz com que o emagrecimento seja ainda mais custoso, sem falar nos prejuízos funcionais para o corpo. Por isso, busque sempre o equilíbrio, mas nunca restrinja totalmente seu corpo de um nutriente.

 

  1. Focar apenas no número que o peso representa:

A maioria das pessoas quando estão no processo de emagrecimento priorizam apenas em redução do peso, mais sim, o peso não é relevante para o emagrecimento! O que de fato deve ser seu foco é a mudança de sua composição corporal! Reduzir seus níveis de gordura corporal é muito mais importante do que o número que o peso representa.

O peso da balança diferencia algo leve de algo pesado e jamais algo magro de algo gordo. Conheço pessoas magras com mais de 100 quilos, bem como pessoas gordas com 60 kg. Por isso, seu foco precisa ser na melhora de sua composição corporal e não em seu peso!

 

  1. Não buscar o aumento da massa magra: pare para pensar comigo:

Se você precisa aumentar seu gasto calórico, o que é melhor, um tecido ativo, que tem altas taxas de gasto calórico, ou um passivo, que serve apenas para ser usado em certas situações? Com certeza o primeiro é melhor, não é? Este primeiro item são os músculos, que tem forte participação no metabolismo basal, pois mesmo que você não se movimente, eles estarão gastando muito mais calorias do que suas reservas de gordura.

Desta forma, para conseguir emagrecer, você precisa aumentar sua massa magra, para que seu balanço calórico seja positivo. Por isso que a musculação é tão importante para este processo, já que além de proporcionar uma intensidade elevada nos exercícios, que acelera seu metabolismo por mais tempo, ainda atua diretamente no metabolismo basal. Mas por favor, não acredite que seja possível substituir gordura por músculo!

 

  1. Ingerir pouca água: 

 
Tanto no processo de hipertrofia quanto no emagrecimento ingerir água de maneira suficiente também é fundamental! Um corpo bem hidratado funciona melhor, tem seus processos potencializados e faz com que a perda de gordura, sem perda de massa magra, aconteça de forma mais natural! Por isso, mantenha sempre seu corpo bem hidratado!

 

 

  1. Apostar em milagres:

 

Até hoje, nenhuma fórmula que não demandasse esforço e comprometimento para o emagrecimento, deu certo. Se você que emagrecer de verdade, saiba que vai precisar de uma dieta balanceada e suar a camisa com suas atividades físicas.

Algum método que prometa bons resultados sem um destes itens, é furado! Acredite sempre na persistência e no trabalho de qualidade, pois somente eles produzem efeitos de fato relevantes!

Com estas 7 dicas do que NÃO fazer para emagrecer, creio que estejamos iniciando o ano com todas as possibilidades para que você atinja seu objetivo! Bons treinos!