Escolha uma Página

Maxsuel Alves- #PersoCarrasco

Veja agora 4 estratégias para potencializar o sucesso no emagrecimento e redução de gordura de forma saudável.

Atualmente o número de indivíduos que aderem à prática de atividades físicas com o intuito de melhorar tanto desempenho como a estrutura corporal vem aumentando. Contudo os exercícios resistidos também chamados de treinamento de força( musculação) e os exercícios aeróbios são os mais escolhidos por esse público, já que são os que otimizam o emagrecimento saudável , ajudando treinadores e treinados a realizarem seus trabalhos com mais qualidade e desempenho.
Mais a redução do percentual de gordura não tem quer ser visada somente por questões estéticas, pois também este fator tem uma relação com a saúde e qualidade de vida. Muitos visam a hipertrofia muscular( processo que acontece o aumento de massa magra) mais se esquecem se não tivermos uma redução do percentual de gordura não ira visualizar a musculatura e nem ter uma qualidade muscular. Isso é o básico para conquistar uma boa definição muscular.
Dentro das estratégias para a redução do percentual de gordura, precisamos de uma abordagem ampla, envolvendo elementos como dieta, treino e rotina. Desta forma, selecionei alguns elementos que vão te ajudar a reduzir seu percentual de gordura!

Vamos a algumas estratégias?

4 formas práticas de reduzir o seu percentual de gordura!

1. Reduza a ingestão calórica

Este é um fator crucial neste processo. Mas as maiorias das pessoas não colocam em pauta e deixam de lado, sempre priorizando a pratica de atividade física sem a mudança de hábitos alimentares.
Mas na prática, muitas pessoas não levam isso a sério. O balanço calórico negativo é fundamental para que possamos ter uma redução do percentual de gordura. É á base do emagrecimento. Isso porque, se você gastar exatamente o que ingere, não haverá qualquer perda, não é?

Em termos bioenergéticos, com uma ingestão calórica reduzida, mas coerente e feita de forma que não teremos qualquer redução de nutrientes, teremos um aumento dos processos de lipólise (queima de gordura).

É importante que balanço calórico negativo não é simplesmente deixar de comer. É comer as quantidades e alimentos certos. Para reduzir seu percentual de gordura, o foco na dieta é fundamenta! Precisamos de uma dieta baseada em qualidade, já que iremos ingerir menos calorias, as que forem ingeridas, precisam dar conta dos processos fisiológicos. Aqui, a qualidade está acima de tudo!

2. Manipule a ingestão de carboidratos e proteínas de forma adequada

Complementando o que foi dito no item anterior, os dois macronutrientes que mais influenciam em seu percentual de gordura, em uma dieta “convencional” são os carboidratos e as proteínas.
As proteínas, além de reduzir as chances de catabolismo muscular, ainda ajudam no processo de aumento do metabolismo. Já falamos sobre isso neste artigo Já os carboidratos, se ingeridos de forma descontrolada, acabarão com seu processo de redução de percentual de gordura. Principalmente, se sua dieta for baseada em carboidratos simples. Estes, como não conseguem ser absorvidos em forma de glicose em sua totalidade, acabam sendo estocados na forma de gordura. Desta maneira, eles devem ser muito bem controlados.
O grande desafio de uma dieta para esta finalidade é justamente encontrar o equilíbrio nestes nutrientes, sem esquecer de vitaminas e minerais. Por isso, sempre procure ajuda de um bom nutricionista!

3. Melhore seu Vo2 máximo

Existe um elemento fundamental para a eliminação de gordura: o metabolismo aeróbico. Por isso, é fundamental melhorar a forma como o corpo utiliza este metabolismo. Neste sentido, se você busca melhorar seu percentual de gordura, é fundamental manter em seu treino práticas como o aeróbico contínuo, o HIIT e outras.
Desta maneira, teremos um aumento considerável da carga aeróbica de seu treino, que irá gerar um aumento na capacidade do mesmo, aumentando seu Vo2 máximo.
Este é provavelmente, o elemento mais importante ao usarmos este tipo de treino. Lógico que no contexto total, ele ajuda consideravelmente no gasto calórico total. Porém, é no aumento do Vo2 máximo que teremos melhores resultados, pois isso influencia diretamente no metabolismo basal!

4. Aumente a intensidade da musculação

A prescrição adequada e um fator crucial neste momento pois o Profissional de Educação Física ira prescrever um treino de forma individualizada pois cada pessoa tem limitações e condicionamento físico diferentes.
A periodização deve sempre ser respeitada. Se ela permitir, de acordo com seu progresso nas fases anteriores, de base, este é o momento de um aumento de intensidade. Com métodos que permitem isso, como o drop-set, bi-set, falha concêntrica e outros. Neste momento, se aumentarmos consideravelmente a intensidade, poderemos ter um gasto calórico total muito mais elevado.
Isso não significa que você deva fazer loucuras. Sua dieta já está com restrição calórica e se não tivermos cuidado com a carga total de trabalho, poderemos ter problemas. A intensidade sempre deverá ser adequada as suas necessidade e potencialidades. Caso contrário o aumento da intensidade será maléfico.

Você não tem uma periodização adequada? Reduzir seu percentual de gordura será mais difícil. No geral, seguindo um modelo clássico de periodização, no momento em que buscamos reduzir o percentual de gordura é onde usamos mais estímulos metabólicos. Porém, se não houve um bom período básico, com um trabalho adequado de melhora de determinadas qualidades físicas, isso se torna mais difícil e de mensuração mais complexa.
Eu sempre irei pregar e defender o uso adequado da periodização, para qualquer caso. Isso porque, usando o caso apresentado neste artigo, de redução de percentual de gordura, já teríamos um planejamento e adequação prévia. Desta forma, o processo seria natural e muito mais efetivo.
Estas são algumas das principais formas de acentuar a eliminação de lipídios e com isso, reduzir seu percentual de gordura. Mas lembre-se sempre que nada, mas nada mesmo, fará efeito se não for baseado na dieta e no treino. Esta será sempre a base para todo e qualquer objetivo e ainda mais para este.
Por isso, conte com a ajuda de um bom treinador e de um nutricionista. Será um investimento em qualidade e resultados.

Bons treinos!

REFÊRENCIAS
http://www.efdeportes.com/efd213/emagrecimento-versus-hipertrofia-treinamento.htm
http://www.efdeportes.com/efd112/modelos-de-entendimento-do-processo-de-emagrecimento.htm

5 formas de reduzir seu percentual de gordura

SOBRE MAXSUEL ALVES

Professor de educação física formado pela Faculdade Pitágoras – Teixeira de Freitas, pós graduando em Musculação e Treinamento de Força. Atua como treinador pessoal e com consultoria online para treinamento. Também é redator na área da saúde, treinamento físico e qualidade de vida.
: https://www.facebook.com/maxsuel.alves.7
: @maxsuel_alvespersonal
Snap : persocarrasco